sábado, 30 de maio de 2020

leitura livre

 Livres ou presos
 pecados amados
 sempre a Ti em cada momento
 Busco em ti alívio ou tormento
 sonhos escuros 
clareiam ao vento 
nuvens flutuam por falta de tempo
Sorrisos enganam a cada sofrimento perdidos no sopro, me encontro um beijo.
KS

Leituras me guiam 
olhares lamento 
viagens insanas a favor do vento 
estendem os laços amigos serenos
Loucuras vagueiam 
amores terrenos.
KS


Amigos, feridos jamais compreendidos seremos amados diante de um templo
 por seres perdidos em busca de um ventre passagem de tempo 
a todo momento.
ks



Nenhum comentário:

que saudade é essa

Dói tanto que meu peito quase racha pedacinho por pedacinho vou derretendo em lagrima.. Não sei até quando sou capaz de  Suportar essa sauda...